A ORQUESTRA

Conheça mais o projeto!

O Projeto Orquestra Maré do Amanhã


QUEM SOMOS

Dezesseis de janeiro de 1999, um carro azul com marcas de sangue é abandonado em uma rua próxima ao Complexo de Favelas da Maré. Os investigadores da DAS (Divisão Antissequestro), concluem, depois de alguns dias, que ali, naquela região, viveria o assassino do Maestro Armando Prazeres, que dirigia o veículo na véspera e havia sido sequestrado no bairro de Laranjeiras, Rio de Janeiro.

O que ninguém poderia imaginar é que este episódio doloroso traria para a Maré um homem que mudaria a vida de crianças e adolescentes da região. Carlos Eduardo Prazeres, filho do maestro, decidiria começar ali um dos mais importantes projetos de transformação de vida através da música, inspirado no trabalho do pai.

A escolha da região foi a forma que Carlos Eduardo encontrou de virar a página dolorosa de sua vida. Onde interromperam o sonho de Armando Prazeres levar música às comunidades, Carlos Eduardo Prazeres o fez renascer.

Criado em agosto de 2010, o Projeto Orquestra Maré do Amanhã ensina música clássica a crianças e adolescentes de uma das mais violentas favelas do Rio de Janeiro.

O COMEÇO

Seu primeiro núcleo foi criado no Complexo da Maré, no CIEP Operário Vicente Mariano, preparando 26 crianças no ensino de teoria musical, violino, violoncelo e flauta.

Com apenas três meses de trabalho, as crianças apresentaram um resultado fantástico, realizando seis apresentações no final do ano de 2010. Nascia a Orquestra Maré do Amanhã, braço profissionalizante cujo diferencial é não ser apenas um projeto social, mas oferecer uma oportunidade real de mudança de vida para seus alunos, preparando cada um deles para o mercado de trabalho, enquanto evita que sejam arregimentados pelo tráfico de drogas.


Acima: a primeira turma do projeto (2010).

 

AJUDA DOS PATROCINADORES

Com a chegada da STATE GRID BRAZIL HOLDING em 2012, aumentamos o número de crianças atendidas de 40 para 320, abraçando a Maré de ponta a ponta, Norte a Sul, atingindo as 16 comunidades do Complexo.

Em seguida viriam o apoio da Assim Saúde e da Vivo/Telefônica, permitindo que o projeto se expandisse de forma a não deixar uma só criança matriculada em uma pré-escola sem antedimento.

Hoje, com o apoio destas e mais da Cielo, da TV Globo, da Technip da Ecoponte e da ONS, musicalizamos cerca de 3.500 crianças, adolescentes e jovens, atendendo todos os Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) da Maré.

METODOLOGIA

Estes EDIs desembocam em 02 escolas primárias, onde existem orquestras mirins Maré do Amanhã (Escola Primária Escritor Bartolomeu Campos de Queirós e Escola Primária Medalhista Lucas Saatkamp).

Estas, por sua vez, são direcionadas a uma escola de ensino fundamental, onde temos uma orquestra infanto-juvenil. Durante este processo, vamos identificando os talentos e vocações genuínas, que são convidados a integrar o braço profissionalizante do projeto: a Camerata Jovem Maré do Amanhã.

Nela, os alunos recebem bolsa auxílio no valor de um salário mínimo, bolsas de estudo em escolas particulares, aulas particulares de seus instrumentos e atendimento psicossocial.

Além disso, são capacitados como professores, tanto que o que aprendem repassam aos pequenos das orquestras mirins e dos EDIs, multiplicando o exemplo que receberam.

Ao longo destes oito anos mantivemos no coração o sonho de mudar o parâmetro de admiração destas crianças. Uma criança em uma comunidade busca o mesmo que qualquer criança: ser respeitada, ser reconhecida, obter respeito, status, além de ganhar dinheiro. Quem numa comunidade alcança este status facilmente? Nem precisamos dizer em quem os pequenos se espelhavam para atingir estes objetivos.

Começamos a mudar isso. Os pequenos hoje se espelham nos “tios”, que são respeitados na comunidade, têm status, estão sempre na televisão e já recebem por seu trabalho como professores.

Acima: o Spalla da orquestra, Pither Bazaga, trabalhando como monitor para os novos alunos (2018).


UMA HISTÓRIA DE SUCESSO

A Orquestra Maré do Amanhã já se apresentou nos mais prestigiados palcos do Rio de Janeiro, como o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a Sala Cecília Meireles, a Cidade das Artes, o CCBB, o Teatro do SESI, entre outros. Além disso, o grupo já foi a orquestra residente do Festival de Música Barroca de Alcântara, no Maranhão.

Já fomos destaque no Globo Repórter, no Encontro com Fátima Bernardes, no Vídeo Show, nas novelas A Força do Querer e O Outro Lado do Paraíso, no Programa do Jô, no Caldeirão do Huck, no Conversa com Bial, no Fantástico e no Domingão do Faustão.

E 2015, nove de seus alunos integraram a Orquestra Binacional Brasil X Venezuela no Festival Villa-Lobos, com o conceituado El Sistema, em Caracas. Em 2016, a orquestra desfilou junto à bateria da Beija-Flor de Nilópolis, com o enredo sobre o Marquês de Sapucaí. Graças ao toque especial da Maré do Amanhã, a bateria da escola recebeu pela primeira vez o Estandarte de Ouro. Ainda em 2016, a orquestra realizou uma exitosa turnê pelo Nordeste, apresentando-se para crianças de escolas públicas de Natal, Recife, Maceió e Aracaju.

Em 2017, a Orquestra Maré do Amanhã foi convidada pelo Papa Francisco para uma apresentação na Sala Paulo VI, no Vaticano. Na ocasião, o grupo realizou uma pequena turnê pela Itália. Encerrando 2017, a orquestra foi convidada pela cantora Anitta para o show da virada, na Praia de Copacabana, para um público estimado de 2,5 milhões de pessoas.

Recentemente, a orquestra se apresentou com o cantor Gilberto Gil no Google for Brasil 2018, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo.

O Projeto Orquestra Maré do Amanhã engloba a Geração de Renda e Oportunidade de Trabalho, a Educação para Qualificação Profissional e a Garantia dos Direitos das Crianças e do Adolescente.

Você pode conhecer nosso trabalho através de nossas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e youtube) acessando os links que se encontram nas barras superior e inferior do site.

ONDE ESTAMOS

Estamos presentes em 22 espaços do Complexo da Maré, atendendo a todas as crianças matriculadas em uma escola da região.

• Creche Menino Maluquinho
• Creche Vila Pinheiro
• Creche Tio Mário
• Creche Nova Holanda
• Creche Pescador Albano Rosa
• Creche Paulo Freire
• EDI Pescador Isidoro Duarte
• EDI Professora Kelita Faria de Paula
• EDI Professor Moacyr de Góes
• EDI Cremilda da Silva dos Santos
• EDI Professora Solange Conceição Tricarico
• EDI Cléia Santos de Oliveira
• EDI Maria Amélia Castro Silva Belfot
• EDI Azoilda Trindade
• EDI Medalhista Olímpico Luiz Felipe Marques Fonteles
• EDI Medalhista Olímpico Evandro Motta Marcondes Guerra
• EDI Medalhista Olímpico William Peixoto Arjona
• EDI Medalhista Olímpico Éder Francis Carbonera
• EDI Armando de Salles Oliveira
• EM Genival Pereira de Albuquerque

EM Escritor Bartolomeu Campos de Queiroz
EM Medalhista Olímpico Lucas Saatkamp