GRANDES MOMENTOS

 

Concerto no Natal de Luz de Petrópolis (2010)

Quando, no dia 06 de agosto de 2010, os primeiros acordes foram ouvidos no auditório do CIEP Operário Vicente Mariano, a grande maioria, cética, temeu pelos resultados do PROJETO ESTRA DA CULTURAL

Será que eles aprenderiam a tocar alguma coisa até dezembro? Seriam capazes de aprender os segredos de seus instrumentos? Venceriam os pré-conceitos e se apaixonariam por música de concerto?

De fato era pouco tempo, os revezes eram muitos. Só que estávamos lidando com a música e a música é capaz de milagres. Ela fala ao coração diretamente, não enfrenta barreiras dos falsos moralismos, do respeito humano, da vergonha, do pré-conceito. Qual de nós jamais se pegou chorando ao ouvir uma música que o remeteu a um momento triste de sua vida? Ou vibrando de alegria, ao dar-se conta de estar escutando uma canção que trouxe belas recordações? E isso sem ter tempo de perceber que, pela compostura social, não deveria estar chorando em público, ou sorrindo em demasia naquele momento tão sério. Pois é, a música faz milagres. E não foi diferente com nossas crianças. Se pararmos para pensar que estas crianças vivem em zona de risco, com a violência pululando em suas janelas.

Que a música de concerto não faz, em absoluto, parte de seu dia-a-dia. Que enfrentam toda sorte de dificuldades em casa para praticar seus instrumentos, verdadeiramente poderíamos temer pelo sucesso do projeto.

Contudo, a realidade não parou de surpreender. Em pouco mais de 4 meses tínhamos uma orquestra formada: ORQUESTRA MARÉ DO AMANHÃ, que fez chorar cerca de 2.000 pessoas presentes ao Palácio de Cristal naquele primeiro concerto de sua história, no Natal de Luz de Petrópolis.

Foi o início de um sonho que não para de crescer e dar frutos.

O que achou desse nosso grande momento?

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *